Nascem no Recife os quadrigêmeos gerados sem inseminação artificial

jamersonefilhos

Os quadrigêmeos Jhonata Davi, Maria Júlia, Isabella Beatriz e Laila Thaís, filhos de Leandra Mendonça da Silva, 23 anos, nasceram na tarde desta quarta-feira (7) no Hospital Agamenon Magalhães (HAM), em Casa Amarela, Zona Norte do Recife. Os bebês estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e passam bem, mas ainda não têm previsão de alta.

Os pais das crianças moram em uma casa humilde no quintal da residência dos avôs, em Caueiras, povoado de Aliança, na Zona da Mata. José Dácio da Silva Lira, 22, pai dos quadrigêmeos, é operador de máquinas numa usina de cana-de-açúcar em Carpina, na mesma região. Muitas pessoas se sensibilizaram com a história da família e realizaram diversas doações. Quem tem o interesse em continuar ajudar pode entrar em contato com o pai pelo telefone 9.9364-1828.

CASO RARO – O caso chamou a atenção pelo fato de os quadrigêmeos nascerem sem o auxílio da inseminação artificial e serem de óvulos distintos, casos raros na medicina. Segundo o tocoginecologista Stevam Rio, isso só acontece de uma para 512 mil gravidezes. “É uma para 25 milhões de gestações”, informa o médico, preceptor de Obstetrícia na Enfermaria de Alto Risco do Cisam. O doutor ainda completa “quadrigêmeos univitelinos, quando nascem bebês idênticos, são mais difíceis ainda”, diz.

Deixe uma resposta